17 Coisas que você e seus clientes precisam saber

janeiro 9, 2009 at 10:39 am Deixe um comentário

1- DESIGNER dorme. Pode parecer mentira, mas DESIGNER precisa dormir como qualquer outra pessoa. Não o acorde sem necessidade! Esqueça que ele tem telefone em casa, ligue para o escritório.

2-
DESIGNER come. Incrível, mas é verdade. DESIGNER também precisa se alimentar, e tem hora para isso, na hora do almoço.

3- DESIGNER pode ter família. Essa é a mais incrível de todas: mesmo sendo um DESIGNER a pessoa precisa descansar no final de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar sobre artefinais, banners, logos, etc…

4-
DESIGNER, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro. (Por essa você não esperava, né?). É surpreendente, mas DESIGNER também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, consome Lexotan para conseguir relaxar, etc.E o fundamental: pode parecer bizarro, mas o s livros para ‘UPLOAD’ do profissional, os cursos, o operacional do escritório e a administração disso tudo não acontecem gratuitamente. Impressionante, não? Entendeu agora o motivo dele cobrar pelo LAYOUT e pelo PROJETO?

5- Ler, estudar é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada.6- Não é possível resolver problemas de layout por telefone. Precisa comentar?

7- De uma vez por todas, vale reforçar: DESIGNER não é vidente, não joga tarôt e nem tem bola de cristal. Ele precisa rever os layouts muitas vezes para maturá-lo e poder superar as expectativas. Se quer um milagre, tente uma macumba e deixe o pobre do DESIGNER em paz.

8- DESIGNER não faz milagres! Ora você se assustou com isso? Sim ele não faz o milagre da multiplicação da imagem, por isso se você deseja um folder com fotos, forneça meios dele obter essas fotos. Ou contrate ou você mesmo as fotos ou pague pela compra delas. Quer uma ilustracão bacana?? Pague o custo de um ilustra dor, oras!

9- Em reuniões de amigos ou festas de família, o DESIGNER deixa de ser DESIGNER e reassume seu posto de amigo ou parente, exatamente como era antes dele passar no vestibular. Não peça conselhos sobre o logo da sua empresa, o folder que não deu certo ou o site que não funciona. Porcure-o na segunda-feira, no escritório, entendeu?

10- Não existe apenas um estudozinho – qualquer estudo requer um conceito, horas de trabalho, e tem que ser pensado, estudado, analisado e, é claro, cobrado. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população,mas servem para tornar a vida do DESIGNER mais suportável;

11-
Quanto ao uso do celular: celular é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue apenas quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, o DESIGNER pode estar fazendo alguma coisa que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo.

12-
Antes de aparecer no escritório: por favo r, marque hora. Se vc pular essa etapa, não fique andando de um lado para o outro na sala de espera e nem pressionando a secretária. Ela não tem culpa se você decidiu aparecer de ultima hora pra trocar idéias.

13- Quando se diz que o horário de fechamento de um arquivo é as 18:00, não resolva enviar as 5.670 alterações as 17:30! Se resolver fazer isso, saiba o risco que corre do seu trabalho sair atrasado. Lembrando sempre que o DESIGNER tem vida lá fora, respeite isso e envie as 5.670 alterções até as 12:00.

14 – Na hora de aprovar um layout, por favor aprove baseado em conceitos e não baseado no ‘ah! minha filhinha de 4 anos, a-do-ra cor de rosa!’

15-
Infelizmente para você, a cada novo JOB, o DESIGNER poderá e deverá fazer novos estudos, criar novos conceitos e isso tem um custo. Por favor, não tente substimar nossa inteligência, tentando fazer mil mudanças em um layout antigo para não ser cobrado como um novo. Lembre-se remendos novos em layouts v elhos, podem sair caros no final!

16- O DESIGNER não deixará de cobrar o layout só porque você já gastou demais em outras coisas. Os DESIGNERS conhecem bem o ditado ‘O barato sai caro’!!!!.

17- E, finalmente, DESIGNER também é filho de DEUS e não filho disso que você pensou…

Esse texto foi enviado a algum tempo pelo Eduardo Braga, um dos meus professores da faculdade.
Abraço a todos e espero voltar a escrever aqui logo!

Anúncios

Entry filed under: design. Tags: , , .

Local e data da 9ª Bienal Brasileira de Design Gráfico The Places We Live

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Regra Básica
siga-me!

comentários recentes

tales manssano peres em 4 maneiras de se matar
Ray em 4 maneiras de se matar
Matheus Zardo em 4 maneiras de se matar
alguem que se odeia em 4 maneiras de se matar

RSS twitter: siga-me

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

arquivo

exposições luminosas

mictório

  • 315,044 urinaram aqui

%d blogueiros gostam disto: