Posts tagged ‘#proxxima’

Como estragar algo de que você goste


imagem do polkadots

Muito simples: fale sobre ele. divulgue.

No Proxxima 2008, um “painelista com problemas no ego” disse o seguinte: “Não divulgo blogs pequenos que gosto para que não estraguem…”, uma frase inteligentemente transformada em uma brincadeira pelo @tarrask:

“Meme do dia: estrague um blog pequeno que você gosta: escreva um post sobre ele.”

Realmente @fseixas, faltou planejamento e diretriz. E olha que eu nem fui (que valor era aquele?!), só acompanhei a corbetura pelos colegas e li sobre o bafafá causado na rede, através de alguns blogs.

É a doença do Pop, que modifica e mortifica aquela banda de metal bacana, aquela loja de roupas femininas lindas, ou aquele outro de camisetas bacanas e até aquele blog de rpg que pouco escrevemos ou lemos, mas tem conteúdos bacanas e uma proposta divertida por trás de tudo.

No fim das contas, criamos uma coisa do fundo de nossos rins, onde aquela sensação de alívio, alegria, euforia e vontade de fazer mais e sempre e todo dia do mundo vai se tornando uma tarefa dura, como que se estivéssemos no toilete de um shopping lotado, com aqueles mictórios com nada mais de Marcel Duchamp.

Temos que tomar cuidado, mas muito cuidado mesmo com as nossas coisas. Não podemos deixar que nosso tio do interior mande em nossa lojinha porque é parente, nem contorcer completamente o assunto de nosso blog por um post pago de 700 pilas, nem deixar de ouvir aquela música bacana só porque seu visinho também já ouve.

Eu ainda prefiro as coisas simples, as coisas pequenas e bonitas, as coisas mais cruas, punks, de barriga no chão, das árvores, do girassol, da terra, de sorrir e de brincar de carrinho. Mas gosto do Google também!

Malditas escaras…

março 13, 2008 at 1:48 pm 6 comentários

Querida, o próximo Proxxima, por favor.

As vezes eu penso em mudar para São Paulo, pois lá é onde as coisas “acontecem”. Só que as vezes, eu penso em mudar para uma cidadezinha do interior, aqui de minas mesmo, já que pela internet podemos resolver um bocado de nossos problemas.

Eu não pude ir no Proxxima, mas estou acompanhando, na medida do possível, o que se passa por lá, via twitter da @baunilha, do @cmerigo e @crisdias, além de ver de leve, a reação da galera, como o @tarrask (ele até me lembrou do justin.tv da baunilha, de onde vou poder acompanhar por áudio agora a tarde).

Mídia digital é legal por causa disso, enquanto o evento acontece, a galera já fala o que tá achando, os resultados, os prós, os contras, as repercussões. Genial a galera, via twitter, passar feedback pro o @interney, um dos CABEÇUDOS que estão no “palco”, que intervém e fala o que deve ser dito, afinal, quem tá de fora as vezes vê melhor.

Por enquanto, fico torcendo pro pessoal presente fisicamente no Proxxima conseguir falar direito e explicar para salsinhas de plantão, como as coisas são.

Proximos comentários sobre o Proxxima, siga-me!

março 12, 2008 at 4:25 pm 3 comentários


Regra Básica
siga-me!

comentários recentes

tales manssano peres em 4 maneiras de se matar
Ray em 4 maneiras de se matar
Matheus Zardo em 4 maneiras de se matar
alguem que se odeia em 4 maneiras de se matar

RSS twitter: siga-me

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

arquivo

exposições luminosas

mictório

  • 308,695 urinaram aqui